segunda-feira, 8 de agosto de 2011

Top 10: Cenas Clássicas do Cinema

A cada ano são produzidos milhares de filmes por todo o globo, mas nem todos alcançam a fama e o prestígio que gostariam. Ou por que não há muita verba para divulgação ou pelo simples fato de serem ruins mesmo (e convenhamos que há muito mais lixo do que pérolas cinematográficas atualmente). No entanto, alguns filmes conseguiram obter não somente o sucesso e o reconhecimento do público e crítica, mas também fizeram o mais difícil: entrar de tal forma na mente humana que determinada cena se torna inesquecível para quem vê. Isto é ser um clássico!

Abaixo listei os 10 filmes (e suas respectivas cenas) mais clássicas da história do cinema. Cenas que vivem para sempre no imaginário popular...

10º Lugar: Beleza Americana (American Beauty, 1999)

O único filme mais recente da lista. Dirigido por Sam Mendes (ex-marido de Kate Winslet), essa cena é um clássico moderno, assim como o filme. Lester (Kevin Spacey), cansado da sua rotina com a esposa e trabalho, sente-se atraído pela adolescente Angela (Mena Suvari), uma amiga de sua filha. Oscar de Melhor Filme, Direção, Ator (Kevin Spacey), Fotografia e Roteiro Original.

Vale a pena conferir.




9º Lugar: A um passo da eternidade (From here to eternity, 1953)

Talvez a cena de beijo mais clássica de todos os tempos, embora isso gere alguma discussão. Para as pessoas que não viram o filme, com certeza elas já viram essa cena em algum lugar. Cena clássica e sensual, casal de amantes (Burt Lancaster e Deborah Kerr) deita e rola enquanto se beija em uma praia. Algumas mulheres podem até suspirar ao verem isso.



8º Lugar: O pecado mora ao lado (The seven year itch, 1955)

Esse com certeza pouca gente viu, mas não há quem nunca tenha visto, e quem sabe até imitado essa cena clássica protagonizada por Marilyn Monroe. Um clássico sem dúvidas!



7º Lugar: O Iluminado (The Shining, 1980)

Dirigido por Stanley Kubrick, embora não seja o seu melhor filme, é nele que consta a cena mais clássica que ele dirigiu. Jack (Jack Nicholson, brilhante como sempre) vai a loucura e tenta matar a sua esposa Wendy (Shelley Duvall) e seu filho com poderes psíquicos, Danny (Danny Loyd). A cena, além de clássica, é de arrepiar, com destaque para as expressões pavorosas de Wendy. Não foi à toa que Kubrick brigou diversas vezes com Shelley durante as filmagens, pedindo para ela repetir as cenas até conseguir o que ele queria.




6º Lugar: Casablanca (Casablanca, 1942)

Esse filme, assim como os próximos dois, não possuem apenas uma cena clássica. O filme todo é um clássico. "Casablanca" conta a história do antigo romance entre Rick (Humphrey Bogart) e Ilsa (Ingrid Bergmann). Assim como cenas clássicas, o filme também apresenta frases clássicas como: "Eu sei que jamais terei forças para deixá-lo novamente" ou "Nós sempre teremos Paris".
De todas as cenas, acho que a final é a mais emblemática do filme, no momento em que Richard e Ilsa se separam e ele diz para ela ficar com seu novo amor, Victor (Paul Henreid). Oscar de Melhor Filme, Diretor (Michael Kurtiz) e Roteiro.

video

5º Lugar: O Poderoso Chefão (The Godfather, 1972)

Qualquer cena desse filme é clássica. Essa obra-prima de Francis Ford Copolla é um dos melhores filmes de todos os tempos. Escolhi a cena inicial do filme, onde somos apresentados a Don Vitto Corleone (Marlon Brando), como a mais clássica do filme, mas qualquer outra poderia substituí-la. A cena de abertura do filme é um longo zoom saindo do rosto do personagem Bonosera e indo parar atrás de Vito Corleone, de onde só ouvimos a sua voz. O seu rosto só é revelado ao telespectador após 3:15 minutos. Simplesmente genial! Oscar de Melhor Filme, Ator (Marlon Brando) e Roteiro Adaptado.



4º Lugar: ... E o vento levou (Gone with the wind, 1939)

Tido por muitos como o clássico dos clássicos, é muito difícil selecionar apenas uma cena em um filme tão grandioso e cheio de cenas memoráveis. Dentre as muitas opções, selecionei uma das cenas mais fortes e significativas do filme. Após a morte do pai, com Tara destruída e tendo que se esconder dos yankees, Scarlet promete que nunca mais passará fome em sua vida.

video


3º Lugar: Cantando na Chuva
(Singing in the Rain, 1952)

Tido pela crítica especializada com o melhor musical americano de todos os tempos, "Cantando na chuva" é um clássico estrelado por Gene Kelly. Mesmo quem nunca viu o filme, alguma vez já se pegou assobiando ou cantarolando a musica-tema do filme.




2º Lugar: E.T. - O Extra-terrestre
(E.T. - The Extra-Terrestrial, 1982)

O clássico de Steven Spielberg. A cena de ET voando na bicicleta de Elliott (Henry Thomas) com a lua ao fundo é tão clássica e emblemática que essa cena é a marca da Amblin Entertainment, produtora fundada por Spielberg em 1981. Destaque também para a trilha sonora característica do filme. Um clássico.




1º Lugar: Psicose (Psycho, 1960)

Quando pensei nessa lista, automaticamente pensei que essa cena deveria ser a número um. Essa cena de assassinato é a mais imitada em todo o mundo. A trilha é algo que transcende o filme, e ao mesmo tempo é inseparável dele. Ela se tornou sinônimo de suspense. Dirigida por Alfred Hitchcock, essa cena demorou sete dias para ser filmada e usou mais de 70 posições diferentes de câmera, além de um chuveiro extra-grande (com 2 metros de diâmetro), para que todos os jatos d'água fossem captados. Hitchcock teria alcançado o máximo do suspense e a cena mais clássica da história do cinema. Isso tanto é verdade, que ao procurar por "classic scene movies" no Google, "Psicose" foi o único filme que se repetiu (três vezes) na primeira página da busca. Enjoy it!



Até a próxima! (Espero que dessa vez não demore tanto...)

2 comentários:

  1. quando assisti à "...e o vento levou" fiquei impressionada,realmente é difícil selecionar apenas uma cena memorável.
    Ótimo post.
    parabéns.

    ResponderExcluir
  2. ... E o vento levou é um dos meus filmes favoritos...
    Obrigado pelo comentário Jeisy.
    Abraços

    ResponderExcluir